Artigos - A transformação Essencial 2

Para o Terapeuta Leonardo Bueno, a transformação do homem só ocorrerá quando houver a mudança de sua atitude mental. “Somos o que pensamos ser. Se nos imaginamos fortes, decididos, autoconfiantes e amorosos, nossa mente tende a criar uma congruência comportamental com o que pensamos”, diz ele. Leonardo tem 34 anos. Com mais de uma década de trabalho como psicoterapeuta se dedicou a desenvolver a tese oriental de que tudo o que facilita ou dificulta a transformação de uma pessoa, está dentro dela mesma. Suas teses ganharam forma de palestras e workshops que lhe deram notoriedade no sul do país. Com estilo entusiástico, é conhecido como um palestrante que incomoda as platéias com suas idéias e argumentos desconcertantes. 

Jornal – Porque as pessoas têm tantas dificuldades em provocar mudanças em suas vidas?

Leonardo – Porque estão atreladas a uma forma de pensar que lhes impede de mudar. Somos exatamente o que pensamos ser. Um indivíduo que se imagina um fraco, terá muitas dificuldades em se realizar na vida. Uma mulher que imagina que os homens são infiéis terá muita dificuldade em estabelecer relacionamentos duradouros.  

Jornal – O que você quer dizer é que somos escravos de nossa própria mente?

Leonardo – Não é bem assim. Se fossemos escravos, não teríamos a menor chance de provocar mudanças em nós mesmos. Nosso cérebro funciona como um funcionário altamente fiel, que faz exatamente o que mandamos ele fazer. Uma pessoa que se dedica a pensar que o mundo está por acabar, ou que sempre está prestes a falir, que tipo de informação está passando para o cérebro? Está pedindo que seu cérebro lhe proteja do fim inevitável. O cérebro como é fiel, toma a informação como verdadeira e passa a reagir ao problema como se realmente o sujeito estivesse por falir ou o mundo por acabar.  

Jornal –  Que conseqüências isto pode provocar na vida de uma pessoa?

Leonardo – Quando alguém acredita em uma idéia, por mais absurda que seja, ela passa a governar a vida da pessoa. Toda crença é uma profecia auto-realizável. As conseqüências são altamente prejudiciais. Provocam rupturas de relacionamentos, baixa auto-estima, insegurança, depressão, falências, crises, desamor e até mesmo doenças físicas. 

Jornal – Algumas crianças com baixo rendimento escolar passam a ter um desempenho melhor quando trocam de escola ou de professor. Você acredita que problemas de aprendizagem são unicamente de ordem psicológica?

Leonardo – Não. Querer justificar os problemas da humanidade apenas pelo efeito psicológico que a mente provoca no comportamento é uma justificativa muito simplista. Problemas de aprendizagem podem ter suas raízes em dificuldades de relacionamento familiar, problemas neurológicos e outros mais. No caso de crianças que melhoram seu rendimento escolar quando trocam de professor ou escola, na maioria das vezes é em função de que o professor otimiza o autoconceito do próprio aluno, quanto a sua capacidade de aprender. 

Jornal – Como um professor faz isto?

Leonardo –  Existe uma brincadeira que fazemos em seminários. Colocamos uma tábua quadrada em cima de uma bola, e pedimos para que as pessoas se equilibrem sobre a tábua. A maioria em pouco tempo alcança manter o equilíbrio. A seguir pedimos que voltem a subir sobre a tábua e pedimos que pensem na possibilidade de perder o equilíbrio e cair da tábua.  O resultado é que ninguém consegue mais manter o equilíbrio. Todos caem. Se uma criança com dificuldade de aprendizagem passa a acreditar que pode aprender, ela aprenderá. Se alguém com mais poder lhe diz que ela é uma burra, ou que ela tem dificuldade de aprender ou mesmo que a matéria é ´difícil´ e ela acreditar nisto, imediatamente começará a diminuir seu rendimento escolar.

 Jornal -  No esporte ocorre a mesma coisa, não?

Leonardo –  Sim. Cada vez mais os grandes clubes de futebol estão procurando o auxílio de psicólogos, terapeutas e motivadores para otimizar os resultados de sua equipe. Grandes atletas olímpicos possuem além de seu personal trainer, um terapeuta particular que lhe auxilia a otimizar sua auto-confiança, equilíbrio mental e emocional e foco no resultado. A desmotivação gera resultados catastróficos nesta área. Veja por exemplo o tenista André Agassi. Ele não teve um bom rendimento no início de sua carreira. Apesar de excepcional jogador, não conseguia manter-se constante nos campeonatos. Seus altos e baixos correspondiam a altos e baixos em sua vida emocional.  Os jogadores de futebol sempre falam que não estão passando por uma boa fase. E quase sempre isto corresponde a uma péssima fase em sua vida emocional. 

Jornal – Você ministra um Workshop sobre mudança. Do que trata este tema? A Transformação Essencial?

Leonardo –  Trata da capacidade de auto-transformação do ser humano. A capacidade deste criar seu meio conforme seu próprio desejo.  

Jornal – Algo como o tal do pensamento positivo?

Leonardo –  Não. O pensamento positivo é apenas uma pequeníssima parte do processo. Se pensamento positivo resolvesse alguma coisa, os males da humanidade estariam todos resolvidos. Conheço inúmeras pessoas que realmente pensam de forma positiva, mas não conseguem alcançar os objetivos que desejam. Além do pensamento positivo, você precisa ter crenças e valores que estejam alinhados com o que você quer. Uma moça pode querer muito um bom relacionamento. Pode até se imaginar dentro dele. Mas se suas crenças mais profundas são de que os homens não prestam, ou que são cachorros, ela jamais vai estabelecer relacionamentos realmente gratificantes. Outra coisa são os comportamentos que dispomos. Você possui todos os comportamentos necessários para garantir o resultado? Muitas vezes precisa aprender a nos comportar de forma específica. Se você não sabe, não adiante ter pensamento positivo. Você simplesmente não consegue. Desta forma o pensamento positivo vira fonte de frustração e mágoa. O pensamento positivo trabalha com nossa auto-imagem diante dos problemas. E muitas vezes isto não é suficiente. 

Jornal - E a Transformação Essencial?

Leonardo –  A Transformação Essencial é a mudança de sua atitude mental. Não é apenas pensar positivo. É você passar a conceber o as coisas, o mundo o Universo de uma forma diferente. Com congruência, com lógica. É estar profundamente conectado com sua missão de vida e com seus objetivos alinhados em direção desta. Aqui você redescobre sua essência e redefine seus propósitos compondo uma nova realidade. Todos nós experimentamos pelo menos uma vez a sensação de estarmos conectados com o Universo. Uma sensação de plenitude, de compreensão e profunda sabedoria. Nestes momentos nossa mente se amplia de tal forma que passamos a compreender o significado de tudo que nos rodeia. Para a grande maioria, estes momentos são raros e rápidos demais (duram apenas alguns segundos). A Transformação Essencial pressupõe você estar profundamente integrado com esta sensação e sabedoria interior. Quando o que se quer é a plenitude interna, não existe um mesmo caminho para todas as pessoas. Este é um dos grandes erros quando lemos livros de auto-ajuda. Tomar o que está escrito ali como um guia ou receita de bolo. Um livro de auto-ajuda é antes de mais nada um depoimento do autor a respeito de suas próprias em sua própria jornada. O que as pessoas não percebem que precisamos escrever o nosso próprio livro interior. Ou seja,  o que funcionou para o autor do livro de auto-ajuda pode não funcionar para você. A Transformação Essencial é um processo onde a pessoa descobre o seu próprio caminho de mudar as coisas. Ela aprende a identificar onde ela deseja chegar e quais os recursos mais adequados que vão lhe auxiliar nesta jornada.



VOLTAR