Artigos - (TI2) Jacarés são perfeitos. Por isso não evoluem

Quem é o funcionário Jacaré? É aquele que tem foco no objetivo (um único), força, determinação, agilidade, é efetivo e tem senso de oportunidade. MAS, que não INOVA! Faz sempre do mesmo jeito. É o funcionário perfeito para uma única ação da empresa. Contudo, se esta precisar mudar as regras do jogo, mudar o ritmo da música, o funcionário jacaré vai pro fundo da lagoa e fica literalmente esperando que as coisas voltem a ser como eram antes. Resmungando justificativas, desculpas esfarrapadas do porque não está alcançando os resultados.

Aí reside a grande diferença entre jacarés e seres humanos. Jacarés são PERFEITOS! Portanto não precisaram evoluir mais. Diante das condições da lagoa em que vivem, desenvolveram habilidades perfeitas para aquele ambiente. Contudo, jamais se perguntaram: e se o ambiente mudar? E se a concorrência chegar? E se as habilidades dos concorrentes forem melhores do que as minhas? E se a lagoa exigir uma forma diferente de negociar com a caça? E se eu tiver que sobreviver com menos alimento? E se? E se? Percebeu? Jacarés não pensam. Não inovam. Porque não precisam.

Seres humanos DEPENDEM da inovação para se manter no topo da cadeia alimentar, ou GERENCIAL. Seres humanos depende da T.I.2 (Tecnologia da Inovação e da Tecnologia da Informação).

A Tecnologia da Informação é um patrimônio da organização, por isso carrega um valor agregado. Porém, ela sozinha não traz lucro. Do que adianta saber algo se eu não sei como aplicar? Associada a Tecnologia da Inovação, ela pode agora sim, de forma criativa, alavancar a força de vendas de uma equipe ou empresa.

É frequente gerentes desenvolverem planejamentos estratégicos que na verdade estão apenas repetindo modelos anteriores, já usados pela empresa e que demonstraram ser inefetivos. Repetindo porque? Porque tomam a estrutura malfadada do planejamento anterior e agregam algumas pequenas alterações. Não se dão conta que a estrutura ou a conecepção está errada. Tentam fazer melhorias quando na verdade deveriam estar CRIANDO e INOVANDO um processo diferente.

Afinal, quem faz sempre as mesmas coisas, atinge SEMPRE o mesmo resultado (chavão velho mas sempre presente).

Portanto, pare de reclamar e INOVE! Um beijo diferente, um olhar diferente, um abraço diferente, um tom de voz diferente, um passo diferente, um olhar diferente sobre o que aparentemente parece ser sempre o mesmo.

Conceber algo novo pressupõem CRIAR e INOVAR!



VOLTAR